Prefeitura e agentes de turismo fazem tour na cidade e estudam novos atrativos

A Prefeitura de Extremoz realizou um passeio turístico de buggy nesta quinta-feira (28) com representantes do Sindicato do Guias de Turismo (Singtur-RN), Sindicato dos Bugueiros do RN (Sindbuggy-RN) e da agência 24 Horas Turismo. O objetivo foi mostrar aos visitantes novas opções de atrativos turísticos que possam ser agregados ao turismo local.

O tour passou por uma minitrilha com resquícios de mata atlântica em Pitangui, onde existe a gameleira, popularmente conhecida como árvore do amor. Em cima dela a Casa Caipora, que é uma casa construída de madeira. O passeio também foi pelas dunas de Genipabu, opção turística tradicional e consolidada no município. Por fim o grupo passou pelas ruínas da Igreja de São Miguel Arcanjo, no Centro Histórico da cidade, Lagoa de Extremoz e Fundação de Cultura Aldeia do Guajiru.

A vice-presidente do Singtur-RN, Iacy Vasconcelos, ficou impressionada com o potencial turístico que Extremoz tem além das praias, que já são destinos conhecidos mundialmente. “Queremos estreitar a parceria com a Prefeitura e com o Sindbuggy para atualizarmos as informações e vendermos esse potencial para os turistas. Essa parte histórica de Extremoz é uma riqueza imensa que vocês têm para oferecer e repassar esse conhecimento local para os visitantes”, disse Iacy.

O prefeito de Extremoz, Joaz Oliveira, destacou o interesse do poder público em fomentar esses novos atrativos para fortalecer o turismo e a economia da cidade. “Nosso município é rico em opções e podemos explorar essa riqueza para gerar mais renda para os nossos munícipes. A ideia aqui é proporcionar novos e bons atrativos como estes. O poder público está empenhado em fazer e precisamos do setor privado para nos ajudar a promover essas belezas. Se trabalharmos juntos vamos agregar muito mais para o município”, destacou o prefeito.

O presidente do Sindbuggy-RN, Luiz Thiago de Souza, falou sobre a importância da visita. “Estamos estudando novas rotas para inserir o turismo histórico, o ecoturismo em Pitangui, com trilhas, uma vegetação nativa. A ideia é pensarmos em opções que possam trazer novidades para o turista”, acrescentou.

O passeio também contou com as presenças do sócio da agência 24 Horas Turismo, Diego Ribeiro; vereadores Kilter, Renato Leite, Josias Oliveira e professor Cleiton, que deu uma aula sobre a vegetação nativa que pode ser explorada como trilha em Pitangui.

Foto: Canindé Santos

Veja mais imagens em facebook.com/prefeituradeextremoz ou no Instagram @prefeituradeextremoz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *