Extremoz tem a menor taxa de contágio da Covid-19 da Grande Natal, diz estudo da UFRN

As ações de enfrentamento que Extremoz tem executado desde o início da pandemia da Covid-19 têm surtido efeito positivo na saúde pública do município.

Na última sexta-feira (24), os pesquisadores que fazem parte do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, responsável pela Plataforma Coronavírus RN e do sistema Regula RN, divulgaram o relatório com os índices da taxa de transmissibilidade da Covid-19 nos 167 municípios potiguares.

Com a taxa de 0,67, Extremoz ficou em oitavo lugar entre os municípios com as menores taxas de contágio e o primeiro da Grande Natal.

A taxa mede a capacidade de contágio que o vírus tem entre as pessoas. Ou seja, nas circunstâncias atuais, cada grupo de 100 pessoas infectadas com o vírus, por exemplo, contamina outras 67 saudáveis.

Veja o relatório no link https://covid.lais.ufrn.br/publicacoes/Analise_da_Taxa_de_Transmissibilidade_no_RN.pdf

COMPARTILHAR